The Halloween is coming…

Hello my friends!

Something wrong with this post? No? Yes? … Maybe yes, because today I will try to write a little speech for you in English. I hope so! 🙂

Let’s go there!!!

DSCN6070

Today I talk about the Haloween (is shortened from “All Hallows’ Even”). This party is celebrated annually on October 31th and most popular in North America countries. According with Wikipedia, this party origins in the ancient festival know as Samhain. This was a Gaelic festival celebrated mainly in Ireland and Scotland. The celebration has some elements of a festival of the dead. The ancient Celts believed that the border between this world and Otherworld(an abstract spiritual world beyond earthly reality) became thin on Samhain, allowing spirits (both harmless and harmful) to pass through.

It’s my firt Halloween living and the people had started to prepare your houses in a weeks ago. It’s very funny because the people put in fron os your houses, many kinds of the dead elements, like skeleton, ghosts, zombies, spiders, witches and, of course,  the tradicional pumpkin. At the beginning of this post, you can see a picture of a house with this decoration. This picture was take when I came back to home yesterday.

At this night, children go in costumes from house to house, asking for treats such as candy or something money, always with the question: “Trick or treat?”. If you want to participate this party, you have to put a pumpkin in the door from your house. It’s a password for the children. 🙂

The party really is part of the local culture, because isn’t only children use the costumes. The adults also. I didn’t believe today, when I went to school two adults take the bus using costumes. One using a jaquet with skeleton draw and other using a witch hat… It’s very funny!

Well, That’s all…

I hope that this post has been good and you has liked it.

Happy Halloween for everybody and have a nice weekend!

Bye!

Ps: BTW, I apologize for any grammar errors… I’m sorry… 😦

Publicidade

Uma rotina interessante…

DSCN5862

Olá meus amigos. Sabadão chegando e eu me preparando para completar minhas lições de casa. Ehhh, vida de estudante tem dessas coisas. 🙂

Mas antes disso, gostaria de compartilhar com vocês um pouco da minha rotina nessas quase duas semanas em que estou morando aqui.

Primeiramente começo o blog com uma foto que tirei em frente à entrada para o parlamento em Ottawa. Pego o ônibus em frente. Meio chato conviver com essa vista todos os dias, mas até que é legal. 😀

Bem, começo o dia em torno de 8h da manhã, já com o ritual pós-sono que qualquer ser humano conhece. Só que aqui tem outro, o de olhar a previsão do tempo para o dia e o de se agasalhar antes de sair de casa. A rotina de olhar a previsão nem precisou virar hábito, já que apenas substitui o hábito de olhar o tráfego de São Paulo todos os dias pela manhã quando ia para o trabalho. Saíndo de casa, pego o ônibus e me encaminho para a escola. Durante esse percurso o interessante é que 90% das pessoas dentro do ônibus se comunicam em Francês. Atravessando a ponte e descendo em direção a escola, parece que estou em outro país, pois a coisa muda. 90% das pessoas na rua falando Inglês e 10% Francês. Viver isso é muito interessante, mesmo para uma pessoa que entende pouquíssimas palavras em Francês, como o indivíduo que vos escreve nesse momento.

Na escola, “only english”. Alguns até se arriscam em outros idiomas, mas são rapidamente advertidos. Se estão aqui para aprender o Inglês, não tem porque dentro da escola ficarem se comunicando em outro idioma, não é verdade?

Na escola fico das 9h30 às 15h, direto com pausa de 1h para almoço.

Depois, tem dias que tô com vontade e saio pelas ruas de Ottawa conhecendo alguns lugares. E tem vários e interessantes. Quem um dia tiver oportunidade, vale a pena vie para conhecer.

Bem, minha rotina é essa e alguns devem estar se perguntando o que tem de interessante? Bem, digo que o interessante é viver essa divergência de cultura dentro de um mesmo local. No Brasil vivemos isso viajando pelas regiões desse nosso querido país, mas o que vivo aqui é um pouco diferente. Viver todos os dias com pessoas falando idiomas com origens diferentes em um mesmo local, é algo inédito para mim e extremamente interessante. Sem falar nos hábitos das pessoas que moram em Gatineau e Ottawa também serem um tanto quanto diferente. Mas sobre isso escreverei um novo post quando tiver a experiência suficiente para tal.

Fico por aqui e deixo para vocês mais uma foto escolhida a dedo. Esta é uma foto do jardim da frente do parlamento. “Enjoy it!”

DSCN5840

Um grande abraço e fiquem todos com Deus!

Projeto “Study Abroad – Canada”

DSCN5544

Estou um pouco atrasado, é verdade, mas estou aqui… Finalmente estou aqui!

Bem, primeiro queria agradecer às diversas despedidas que tive aí no Brasil. Amigos do MBA, São Paulo, Goiânia, Brasília, etc… Mas aproveito para avisá-los de que não adiantou muito não, aliás, piorou… Eu vou voltar. Não agora, claro, mas eu volto. 🙂

Esse meu projeto começou em março quando havia recebido uma notícia não muito legal e que mudaria radicalmente meus planos para este ano. Estava voltando para casa, após o trabalho. Estava no carro com uma grande amiga goiana que conheci em São Paulo, Janaine. Lembro-me que estávamos conversando e em um determinado momento arregalei os olhos e disse: “Agora é a hora. Essa é minha oportunidade.” Tudo bem que ela não entendeu absolutamente nada e então resolvemos parar no Habib’s e comer algo antes de deixá-la em casa. Ela, claro me perguntou o que houve… daí eu disse: “Vou estudar no Canadá"!”

Inicialmente ela ficou meio assustada, mas já me conhecia o suficiente para acreditar que eu não estava brincando e que eu realmente falava sério quando disse aquilo.

E depois de alguns meses planejando, fazendo contas, tirando vistos, cá estou. A primeira de 24 semanas em que ficarei estudando e refletindo sobre minhas vidas pessoal e profissional. Veremos no futuro o resultado disso.

Chegou então o dia de embarque. Malas prontas saí para almoçar em um sensacional restaurante em São Paulo chamado Andiamo, acompanhado da minha amiga Jana. Sim, exatamente a mesma pessoa que soube em primeira mão dessa minha decisão. Após o almoço, me levou ao aeroporto onde encontrei outros dois grandes amigos, Valquiria e Alex, a quem agradeço muito por terem ido. Foi legal demais vê-los lá.

A viagem foi até relativamente tranquila, tirando 20 minutos de intensa turbulência em que achei realmente que aquele troço ia despencar lá de cima, mas graças a Deus tudo certo e pousamos em Toronto às 5h35 da manhã de domingo (11/10). Aguardei algumas horas e às 8h embarquei para Ottawa, chegando aqui às 9h. Recepcionado por outra amiga, que me acolhe nessa cidade, fomos para um rápido passeio na cidade de Ottawa e nos parques de Gatineau. E que passeio… Registrei cada momento e coloquei em meu álbum no Picasa (http://picasaweb.google.com.br/edwagney). Vocês não irão se arrepender e certamente vão viajar comigo nesse passeio.

Por hoje fico por aqui e semana que vem volto com mais histórias de tudo o que tenho feito por aqui.

Muitas saudades de todos!

Um grande abraço e fiquem com Deus!

Ps: A foto abaixo tirei hoje em um passeio a um parque aqui perto. Divirtam-se!!!DSCN5903

Diário de bordo II

IMG_0111 

Prezados amigos, precisamente no dia 10 de fevereiro de 2008 escrevi um post que marcava o início de minha primeira viagem internacional. Hoje coincidentemente também dia 10, porém do mês de outubro estou aqui novamente para dizer, não adeus, mas um até breve. Estou de partida novamente. Entretanto esta não será uma viagem como a anterior, de apenas 30 dias. Levará alguns bons meses que espero ter a oportunidade de adquirir e adaptar-me a novas experiências, novos conhecimentos, uma nova cultura, novas amizades. Necessidades estas, que para mim em particular, serão fundamentais para meu crescimento profissional, mas principalmente pessoal.

Confesso não ser um leitor assíduo de Shakespeare, entretanto tem uma frase dele que gosto muito e tem tudo a ver com esse momento: “Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.”

Deve ser mais um complô do destino, sei lá como chamar isso, mas todas as pessoas que entram em nossa vida, aparecem para nos mostrar algo de bom. E não posso deixar de mencionar aqui que uma dessas recentemente me mostrou que simples atitudes revelam muito mais sobre uma pessoa do que uma vida inteira de palavras…

Deixo no Brasil, amigos, familiares, pessoas queridas que gostaria que estivessem comigo nessa viagem. Seria muito proveitoso, interessante e mais divertido até, mas a vida conspirou para que chegasse ao ponto de realizá-la só. Paciência… Deve ter algum motivo para isso.

Meu agradecimento aos meus amigos que sempre me deram apoio em todos os meus projetos, à minha família que sempre me apoiou e a todos que torcem para que tudo em minha vida dê de alguma forma certo. Eu retribuo isso desejando toda essa energia positiva em dobro a todos vocês… Meu muito obrigado!

E nada melhor do que iniciar a realização de mais um projeto em minha vida com o poema (Saber Viver) da poetisa goiana, Cora Coralina, que diz assim:

Não sei… Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura… Enquanto durar!

(Cora Coralina)

Finalizo com o registro que fiz a poucos dias do pôr do sol no meu querido cerrado goiano.

DSCN5519

Saiba viver intensamente cada momento como se fosse o último, seja simples nas atitudes e aproveite cada instante ao lado de quem ama, pois o amanhã infelizmente não se sabe como será.

Fiquem todos com Deus e…

Até breve!

%d blogueiros gostam disto: