you're reading...
Tecnologia

iPhone: Mudança de Estratégia ou Visão de Futuro?

Em se tratando da Apple, podemos afirmar as duas coisas.

Famosa por sua grande capacidade de inovação, a Apple entra de vez no mercado de telefonia, criando um novo conceito em telefonia móvel. Ela conseguiu, com o iPhone, fundir celular e computador, integrando comunicação, computação e conteúdo digital em um só lugar, colocando-o literalmente no bolso revolucionando de vez o que chamávamos “telefone”.

A dimensão que estou tentando passar é e que podemos realmente estar diante do primeiro computador verdadeiramente pequeno a ponto de conseguirmos colocá-lo no bolso e não nos preocuparmos mais com o peso. Quem ainda não teve contato com um, fiquem tranqüilos, pois muito em breve terão. Posso garantir isso e até o final desse texto concordarão comigo.

Já há algum tempo a operadora de telefonia móvel, Claro, vem negociando o licenciamento de venda do iPhone no Brasil, fato que se consolidará com vendas do aparelho muito provavelmente no segundo semestre deste ano. Inicialmente a estratégia adotada pela Apple era de vincular a venda do iPhone a uma única operadora no país e fechava contrato apenas se houvesse acordo de repasse de até 30% da conta telefônica paga pelos assinantes. Imaginávamos que o mesmo iria ocorrer no Brasil. Entretanto há poucos dias a Vivo, outra operadora, anunciou a comercialização do produto no Brasil, prevendo o lançamento também para o segundo semestre deste ano, mas ainda sem data definida.

Mas o melhor ainda estava por vir e faz jus ao título deste artigo. Observando os movimentos da Apple, não é difícil perceber que seu posicionamento estratégico é claro e bem definido, e a meu ver deve assustar um pouco seus novos concorrentes. O primeiro iPhone foi lançado nos Estados Unidos ao valor estimado de $500 dólares para a versão de 8 gigabytes(GB) de memória. Além do anúncio da nova versão do iPhone incluindo tecnologia 3G(terceira geração de padrões e tecnologias de telefonia móvel), tecnologia GPS(sigla em inglês para “Global Position System” e em português “Sistema Mundial de Posicionamento”), e com uma velocidade três vezes maior do que o atual, a Apple oficialmente reduziu o valor de $500 para $200 dólares para a versão com 8 gigabytes(GB) de memória. Além disso, a partir de 11 de julho, o iPhone será disponibilizado oficialmente para venda em 22 países e até o final de 2008 espera-se que esse número chegue a 70, incluindo o Brasil. Dessa forma a Apple espera abocanhar uma fatia considerável do mercado de aparelhos para telefonia móvel. Para se ter uma idéia, estima-se que no Brasil existam mais de 300 mil aparelhos em operação, e isso sem existirem lojas vendendo-o oficialmente. Com esse novo posicionamento da Apple, estimo que haja um grande crescimento desse número, pois a maior barreira para se adquirir um iPhone foi quebrada essa semana, o preço.

Steve Wozniak (co-fundador da Apple) em entrevista à revista Época, publicada em 13/06 sob título “iPhone de Graça”, afirmou que, “A queda de preço torna o iPhone mais competitivo. Estamos subsidiando o produto. A tendência é que, eventualmente, ele seja gratuito.” Será? A resposta é “Sim”. Perfeitamente possível. As operadoras poderão se assim preferirem, subsidiar parcial ou totalmente o valor do aparelho oferecendo-o gratuitamente ao cliente, dependendo é claro, do plano pelo qual ele optar. Isso é uma prática amplamente usada pelas operadoras e a mudança na estratégica de venda da Apple possibilitou essa continuidade. Com isso a Apple assume uma postura estratégica de ganho em escala, diferente da adotada em seus demais produtos. Oferecendo a um valor mais barato, ela conseguirá atingir mais rapidamente um número maior de consumidores e a tendência é que caminhe em direção à liderança do mercado de aparelhos de celulares.

O que Nokia, Samsung e Blackberry pensam a respeito eu não sei, mas o fato é que elas estão se mexendo, podem e vão surpreender o mercado com novos produtos. Agora resta saber se essa surpresa terá ou não o mesmo impacto gerado pelo iPhone. Você poderá pagar para ver ou receber de graça. A escolha é sua!

Para finalizar, duas afirmações me chamaram a atenção no artigo da revista Época.

Este é o telefone que mudou para sempre todos os outros telefones” (Steve Jobs – Fundador da Apple)
Os concorrentes terão de fazer produtos similares ao iPhone ou perderão seus consumidores para ele.” (Steve Wozniak – co-Fundador da Apple)

Estratégia de Marketing ou Visão de Futuro?

Abraços e até a próxima!

ED.
____________________________________________________________________________________
Para acessar a reportagem da revista Época “iPhone de Graça”, use o endereço abaixo.
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI5931-15224,00-IPHONE+DE+GRACA.html

Anúncios

Sobre Edwagney Luz

Consultor em Tecnologia da Informação. Especialista em Qualidade e Teste de Software. Empreendedor, Pesquisador, Professor e Palestrante. Sócio na Qualyx Educação e Tecnologia. Head em Qualidade e Teste de Software no UBS Brasil. Graduado em Ciência da Computação pela PUC Goiás. Pós-graduado em Engenharia de Software pela Unicamp, Gerenciamento de Sistema de Informação pela PUC Campinas. MBA em Gestão da Tecnologia da Informação pela FIA-USP. Assuntos de interesse: Administração e Negócios, Empreendedorismo, Liderança e Gestão de Pessoas, Planejamento Estratégico, Governança de TI, Auto-Conhecimento, Coaching.

Discussão

4 comentários sobre “iPhone: Mudança de Estratégia ou Visão de Futuro?

  1. E aí Ed! Tá chique na foto hein? hahaha.

    Ótimo comentário sobre o iPhone! Eu tenho alguns comentários adicionai sobre este produto da Apple…

    Recentemente tive a oportunidade de “ver” de perto um briquedinho desses com minhas próprias mãos e não ví muitas diferenças para o que já existe no mercado. Oacelerômetro (chip com sensor que ede movimentos) já é utilizado em alguns aparelhos como Sony Ericsson Walkman. A tela touch já é a velha manjada do Palm, só que mais sensível (eu mesmo já utilizei muito o palm com os dedos ao invés da caneta apropriada). A câmera de apenas 2 Mega pixels deixa a desejar pela falta de Flash.

    Uma das coisas divertidas e inovadoras do iPhone que tenho que assumir é a possibilidade de instalar outros sistemas oprecionais por virtualização. Coloquei o Windows XP utilizando o virtualizador Parallels.’Foi divertido como testes, mas a tela pequena torna inviável o uso.

    Bom, no final, concordo que é um belo aparelho, mas também não acho que o aparelho revolucionou o mundo dos celulares, especialmente para quem já utilizava Palm ou outro tipo de Handheld PC.

    Quanto a qualidade do Iphone, deve ser realmente inquestionável, assim como todos os produtos da Apple, que são desenvolvidos para um público extremamente exigente!

    Parabéns pelo blog! Abraços,

    Alisson Hervatin

    Curtir

    Publicado por Anonymous | junho 15, 2008, 11:35
  2. Oi Vaguim…

    Eu também tive a oportunidade de ver um briquedinho desses nas minhas mãos… e falo viu é divertido demais brincar com ele… rsrs. O problema é o custo que agora é elevado demais… mas pelo seu texto vamos esperar o “grátis” 😉

    Beijosss

    P.S.: TÔ CHEGANDO… rs

    Curtir

    Publicado por Katia | junho 15, 2008, 23:06
  3. Ola Ed!!! Ótimo comentario. Realmente,eu que sou da epoca que telefone nao era para qualquer um, fico bestificado quando coloco um iphone nas maos. muito moderno.
    E agora so estou esperando chegar esse preço de $199,00 para adquirir o meu. eu nunca fui desses viciados em upgrade de celulares. mas agora a apple me fisgou.Dai fico imaginando,quantos igual a mim farao o mesmo, muitos lucros pra eles.
    Parabens pelo artigo e um abraço
    Fabio Soares

    Curtir

    Publicado por Fabio Soares | junho 16, 2008, 15:59
  4. Olá Ed!

    Concordo com o Alison, muitas características já eram utilizadas por outros similares (como o Palm), mas o que chama atenção no equipamento é o design. Com relação ao preço eu acredito que realmente estarão acessíveis, mas para os usuários que possuem faturas correspondentes a tal status.

    Um grande abraço,

    Olegário C. S. Neto

    Curtir

    Publicado por Olegário | junho 18, 2008, 10:06

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Autor


Consultor em Tecnologia da Informação. Especialista em Qualidade e Teste de Software. Empreendedor, Pesquisador, Professor, Palestrante. Sócio na Qualyx Educação e Tecnologia. Head em Qualidade e Teste de Software no UBS Brasil. Graduado em Ciência da Computação pela PUC Goiás. Pós-graduado em Engenharia de Software pela Unicamp, Gerenciamento de Sistema de Informação pela PUC Campinas. MBA em Gestão da Tecnologia da Informação pela FIA-USP.

Assuntos de interesse: Administração e Negócios, Empreendedorismo, Liderança e Gestão de Pessoas, Planejamento Estratégico, Governança de TI, Auto-Conhecimento, Coaching.

Artigos

junho 2008
S T Q Q S S D
« mar   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Twitter

Follow Edwagney Luz on WordPress.com
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: